Ighor Rodrigues Avanci e Lorrayna Ferreira de Farias, acadêmicos do último ano de jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), estão entre as duplas selecionadas para passar uma semana no Globo Lab Profissão Repórter em São Paulo. Dentre 184 inscritos, a reportagem dos jovens, que trata do tema “prostituição masculina”, ficou entre as dez melhores.

As oficinas do Globo Lab foram realizadas em março pela equipe do Profissão Repórter em 11 cidades do Brasil e permitiram aos alunos terem a oportunidade de produzir uma reportagem inédita para concorrer a imersão. A edição da oficina em Campo Grande foi realizada na UFMS, no dia 16 de março e contou com a presença da repórter Eliane Scardovelli e do editor-chefe do Profissão Repórter, Caio Cavechini. Representando a capital e a UFMS, Ighor e Lorrayna estarão presentes entre os dias 4 e 8 de junho nos estúdios do programa, tendo a oportunidade de participar de palestras e conferências e no final reformular seu produto com auxílio de Caco Barcellos e toda a equipe do programa.

Os acadêmicos estão realizados com o prêmio e reconhecimento do trabalho desenvolvido. “Eu me sinto muito honrado e satisfeito em ver que as pessoas se interessam pelo tema. É uma sensação fantástica passar uma semana na Rede Globo, acompanhar jornalistas de perto e ter orientação do Caco Barcellos, que é um ícone e uma referência hoje em dia no jornalismo”, conta Ighor.

Lorrayna descreve sua experiência e entusiasmo com o resultado do projeto. “Sou muito privilegiada. Penso que no Brasil inteiro tiveram inscritos e no meio de tantos nós fomos selecionados entre os dez melhores. É uma alegria poder viver essa experiência, vai acrescentar muito para o meu ser jornalista. Nós nos inscrevemos com o objetivo de ser selecionado, mas você nunca imagina que acontecer. Mesmo depois de recebermos a ligação do Caco Barcellos demoramos a acreditar que era real”.

A lista com o nome de todos os selecionados pode ser encontrada no site do Globo Universidade.

banner-16x9

2500 jovens participaram das oficinas do

Globo Lab Profissão Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *