Exposição fotográfica aborda a representação do negro

A exposição ‘Negro sob um olhar negro’ do acadêmico de jornalismo Richard Lima, que será aberta nesta quarta-feira (28), na Galeria de Exposições do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) busca, a partir de 11 fotos, ressaltar a luta contra o racismo e a opressão interseccional de raça na qual o fotógrafo também é vítima. Por meio da fotografia, o retratado e o fotógrafo se conscientizam e se dão conta do seu protagonismo. A mostra é composta por fotos produzidas especialmente para esta oportunidade, retratam a questão do negro, sua representatividade e seu poder.

A abertura da exposição terá início na galeria de jornalismo nesta quarta-feira, às 17h e estará disponível para visitação durante o horário de funcionamento do Curso de Jornalismo da UFMS das 8h às 18h.

CCHS aprova criação de novas faculdades

122_4513Jornalismo vai integrar a FALC, juntamente com os cursos de Artes, Letras e Música. Faculdades devem ser implantadas ainda no mês de março

Mylena Fraiha
EJ BRAVA


O Conselho do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS) aprovou na quinta-feira, 16, a criação da Faculdade de Artes, Letras e Comunicação (FALC) e da Faculdade de Educação (FACED). A proposta faz parte do projeto de reestruturação do CCHS.

A reestruturação tem sido discutida desde 2013, devido às dificuldades de administrar um centro que possui15 cursos de graduação e 11 programas de pós-graduação. Na gestão do reitor Marcelo Turine, o processo de divisão do CCHS foi reiniciado e será concretizado até 20 de março de 2017. O Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) também passará pelo mesmo processo de divisão.

Durante a reunião, foram apresentados os projetos de estruturação das novas faculdades. O presidente da Comissão de Estruturação da FALC, professor Mário Luiz Fernandes, apresentou o projeto da nova unidade que será composta pelos cursos de Artes Visuais (Bacharelado e Licenciatura); Letras Português/Inglês (Licenciatura), Letras Português/Espanhol (Licenciatura), Letras Português/Espanhol (Licenciatura – Ensino à distância); Música (Licenciatura); Jornalismo (Bacharelado) e dois programas de pós- graduação: Mestrado em Comunicação e Mestrado em Ciências de Linguagens.

122_4527

Também foram apresentados itens de expansão da nova faculdade, dentre eles a criação do curso de bacharelado em Música, em 2018. O discurso de modernizar e dinamizar a gestão das unidades setoriais da UFMS foi constante na reunião. “Nesse momento cabe o discurso de qual universidade queremos construir para o futuro. Não é a divisão do CCHS, é o fortalecimento da universidade como um todo”, enfatizou Fernandes.

Na reunião do Conselho foi deliberada também a formação da comissão que vai elaborar o projeto da faculdade que reunirá os cursos de História, Filosofia, Ciências Sociais e Psicologia. Para serem criadas e implantadas, as três faculdades propostas ainda precisam da aprovação do Conselho Universitário, o que deve ocorrer na primeira quinzena de março.

Detalhes de Nova Brasilândia d’Oeste

Na próxima segunda-feira (30) será inaugurada a exposição fotográfica “Detalhes de Nova Brasilândia d’Oeste”, no espaço de exposições do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A mostra conta com 11 fotografias que retratam a paisagem pacífica, bucólica e viva de Nova Brasilândia d’Oeste, cidade que possui cerca de 20 mil habitantes, no estado de Rondônia.

As imagens são de autoria do acadêmico de Química da UFMS, Ranielli Wallissom, 20, que cresceu na pequena cidade e capta os detalhes do cotidiano com a câmera do celular. Sem pretensões técnicas, ele busca um olhar afetivo e estético sobre o local, e compartilha seus registros nas redes sociais.

A abertura da exposição “Detalhes de Nova Brasilândia d’Oeste será às 17h, no dia 30 de janeiro, e estará aberta para visitação das 8h às 18h. A entrada é gratuita.

Inscrições abertas para coordenação do Centro Acadêmico de Comunicação Social 2017/2018

A Comissão Eleitoral no uso de suas atribuições, abre o período de inscrições para coordenação do Centro Acadêmico de Comunicação Social – CACOS 2017-2018.

– As inscrições podem ser feitas até o dia 01/02 com um integrante da comissão.
– É obrigatória a inscrição de 6 pessoas por chapa.
– Debate para apresentação das chapas dia 02/02, 18h30, sala 1 do mestrado em comunicação
– Votação dia 06/02, a partir das 17h30, na coordenação do curso

Informações com a Comissão eleitoral:Ethieny Karen, Thalya Godoy, Rafaela Flôr, Jhayne Lima, Monique Faria e Geovanna Ascurra.

Assembleia Geral de abertura da E.J BRAVA

11159987_978667968832983_5039732547223250620_n

Será realizada no dia 20/01/2017, sexta-feira, na sala 1 do Mestrado em Comunicação, no campus da UFMS Campo Grande, a Assembleia Geral de constituição de Associação Civil, com a primeira chamada às 11h e 11h30 segunda chamada para a constituição da Empresa Júnior de Comunicação Social e Jornalismo da UFMS. Também serão deliberados os seguintes assuntos: Aprovação do Estatuto; Definição das diretorias; Eleição e Posse dos membros que irão compor o primeiro mandato das diretorias.

Convidamos todos os interessados- alunos regularmente matriculados no curso de Jornalismo da UFMS.

BRAVA realiza exposição fotográfica “Verde Oliva”

expo-retanguloEnsaio fotográfico “Verde Oliva”, realizado pela Empresa Júnior de Comunicação (BRAVA), estará exposto na galeria do curso a partir de quinta-feira (10) às 17h com os registros da expedição “Formadores de Opinião”, realizada pelo Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSeX) e Comando Militar do Oeste (CMO).

A viagem ocorreu entre os dias 19 e 24 de setembro, com participação dos cursos de jornalismo da UFMS, UNIDERP e Estácio de Sá, tendo como objetivo conhecer as atividades desenvolvidas pelo Exército na Fronteira Oeste. A expedição visitou as cidades de Corumbá, Ladário e Forte Coimbra, onde foram ministradas palestras sobre o Pantanal sul-mato-grossense e trabalho de preservação e defesa da fronteira.

Os alunos de jornalismo, integrantes da EJ, integraram a expedição e produziram conteúdo como fotografias, vídeos e reportagens.